terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

 RESUMO DA REUNIÃO DO MOVIMENTO PRÓ-DIGNIDADE COM A SENHORA SECRETARIA DE ESTADO DOS ANTIGOS COMBATENTES, DO PASSADO DIA 11/01/2021, PELAS 16H00



A reunião com a Senhora Secretária de Estado dos Antigos Combatentes teve início pelas 16h15 minutos, tendo sido abordado e discutido a maior parte dos artigos consignados no Estatuto do Antigo combatente, nomeadamente:

è Artigo 4º --- Cartão do Antigo Combatente;
è Artigo 5º --- Insígnia nacional do Antigo Combatente;
è Artigo 6º --- Titular de reconhecimento da Nação;
è Artigo9º --- Balcão único da Defesa
è Artigo 11ª – Rede Nacional de Apoio
è Artigo 12º-- Centro de Recursos de Stress em contexto de Militar
è Artigo 14º -- Plano de apoio social aos antigos combatentes em situação de sem-abrigo.
è Artigo 16ª – Isenção das taxas moderadoras
è Artigo 17ª – Gratuitidade dos transportes públicos.
è Artigo 19ª – Honras fúnebres.
è Artigo 22º -- Protocolos e parcerias.

Relativamente aos diversos assuntos acima referidos, a senhora Secretária de Estado dos Antigos Combatentes, fez um ponto de situação de todo o esforço que o Ministério da Defesa tem vindo a fazer para o mais rápido possível colocar em funcionamento todos as valências indicadas nos artigos acima.
A senhora Secretária de Estado fez notar que não é fácil, nem simples elaborar todos os protocolos com as mais diversas instituições e entidades para colocar o comboio (EAC) nos carris, de forma a prosseguir a sua marcha.
O Movimento Pró-Dignidade a favor do Estatuto do Antigo Combatente, reconhece a boa vontade e o querer impar da senhora Secretária em avançar com os direitos consagrados na lei 46/2020, de 20/07, que institui o ESTATUTO DO ANTIGO COMBATENTE, mas também compreende que não é de um dia para o outro que se põe a funcionar uma máquina tão pesada e tão burocrática como é o ESTATUTO DO ANTIGO COMBATENTE.
No final da reunião, um dos elementos do MOVIMENTO PRÓ-DIGNIDADE, fez notar à senhora Secretária de Estado dos Antigos Combatentes, que a “…Dívida de Gratidão que a Pátria tem para com os seus Antigos Combatentes continua por pagar …”, solicitando à senhora Secretária de Estado dos Antigos Combatentes que fizesse chegar, aos órgãos do poder instituído, a mensagem de descontentamento generalizado dos Antigos Combatentes, uma vez que a maior parte destes carecem de apoio financeiro por parte do Estado, para comprar bens de primeira necessidade, nomeadamente remédios para a sua saúde.
Antes de terminar a reunião foi entregue uma cópia dos objectivos que se pretendem com a realização do CONGRESSO NACIONAL DE ANTIGOS COMBATENTES, que se junta.
Lisboa 11/01/2021
MOVIMENTO PRÓ-DIGNIDADE
Jeremias Henriques + António Silva + Mário Manso +Jose Maria Monteiro.... Abraço de combatente

 DAVID OLIVEIRA CRUZ

COMPANHIA DE CAÇADORES 2698

Já em Outubro de 2016 publicamos um artigo do Jornal o Correio da Manhã, em que um elemento desta Companhia, o António Garcia, entre outros assuntos fazia referência, através de foto, ao trágico acidente ocorrido em 28 de Novembro de 1970, e em que foi vítima mortal, pelo rebentamento de uma mina, o nosso camarada em título. O mesmo era Soldado Condutor Auto-Rodas. 

O trágico acontecimento transtornou todos os seus camaradas e amigos. Foi a única baixa da Companhia. Assim, a mesma e todos aqueles que a compunham, prestaram-lhe uma  merecida homenagem póstuma, através da placa que se vê na foto a seguir, colocada no aquartelamento de Chimbila.

O seus restos mortais jazem no Cemitério de Grijó, em Vila Nova de Gaia

Desta forma prestamos-lhe aqui a nossa homenagem. Paz à sua alma.



domingo, 7 de fevereiro de 2021

 COMPANHIA DE CAÇADORES 2698

Na guerra também há momentos de descontração. Tal é visível na foto, tirada na estrada que ligava as localidades de Dala e Luso, onde existe uma ponte e que, na época, a sua segurança era feita pelo pessoal desta Companhia. 

Podem-se ver na foto o Farinha, o Sá, o Pinto, o Carvalho, o Sousa, o Almeida, o Melo e o Tendeiro. A fazer companhia a este pessoal todo está o Zorba, um cão de estimação de todo o pessoal.




 COMPANHIA DE CAÇADORES 2698

OPERAÇÃO TURBILHÃO

A nossa Companhia Operacional 2698, efetuou uma operação, a um acampamento do Inimigo, chamada Paciência, este confronto, que deixou algumas mazelas nos nossos camaradas, resultou em sucesso, tendo sido capturadas as armas que se vê na foto.


Fonte - Joaquim Sousa e Joaquim Teixeira

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021


C
OMPANHIA DE CAÇADORES 2698

4º PELOTÃO

Esta Companhia era uma das Operacionais que pertenciam ao nosso Batalhão. Durante algum teve esteve instalada na zona de Chimbila e mais tarde no Dundo. Caso alguém possa identificar os elementos da foto desde já gradecemos.



Na fila do meio o 4º a contar da direita é o Joaquim Teixeira






                                                                    Joaquim Teixeira

Fonte:

Fotos publicados pelo Joaquim Teixeira (foto) no Blog dos Veteranos da Guerra Colonial


terça-feira, 26 de janeiro de 2021

 

COMPANHIA DE CAÇADORES 2698

1º PELOTÃO

Esta Companhia era umas das Operacionais do nosso Batalhão. Esteve instalada, inicialmente, na localidade de Chimbila, onde teve um papel bastante positivo na pacificação daquela zona. Mais tarde foi colocada no Dundo. Era comandada pelo, então, Capitão José Manuel Ribeiro.


                               
De pé 4º a contar da direita Furriel Gomes
Em baixo 2º a contar da direita Joaquim Sousa

Foto de Joaquim Sousa
(Veteranos da Guerra Colonial)

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

 

PUBLICIDADE

A publicidade é uma forma de comunicação estratégica que promove produtos, serviços e marcas. Com seus  anúncios ela é capaz de aumentar as vendas, ao dar-se a conhecer aos potenciais compradores. Em Henrique de Carvalho, com em outros locais o mesmo também acontecia. O meio do comunicação que servia a empresas nesta área era o Jornal da Lunda, que era publicado mensalmente. A seguir damos como exemplo anúncios que as empresas da cidade colocavam no referido periódico.

Todos nós nos deveremos lembrar das firmas anunciantes, que a seguir mostramos.